9 de maio de 2007

Precisamos de férias

Andamos um bocadito cansados. E estamos a chegar àquela fase do ano que ouvimos repetitivamente toda a gente a dizer: "preciso de férias", "estou estoirado", "já não aguento mais". E pior ainda: também nós começamos a dizer as mesmas coisas! Mas lá continuamos a levantar-nos de manhã cedo (ou de madrugada, para quem acorda às 5:30) e lá vamos com aquele mau humor característico desta altura.

Torcemos o nariz a tudo o que contraria a nossa vontade louca de dormir só mais um bocadinho: é a água do chuveiro que está muito quente ou muito fria, é aquela roupa que não assenta bem, é o não saber o que apetece para o pequeno almoço.

E sonhamos acordados com as férias que já pensámos para a Grécia. Pensamos no branco das casinhas e no azul do mar, no calor do dia e na loucura da noite, nas coisas que queremos ver e nas que queremos fazer. E são estas as ideias que nos alimentam para mais um dia de trabalho árduo, que começamos a encarar não como mais um para adicionar ao cansaço já acumulado, mas sim como menos um para o passeio e o descanso bem merecidos! E devagarinho, lentamente, lá vai passando a rabujice e o sorriso vai surgindo.

Primeiro é ainda um sorriso meio amarelo, de quem está a tentar convencer-se de que não custa nada e que mais depressa do que pensamos estaremos sentados sob sol maravilhoso do Mediterrâneo. E o sorriso vai ficando mais firme, mais presente, mais real. E dizemos: "Ah...dois meses passam rapidinho! 'Bora lá!"

Por isso... ÂNIMO RAPAZIADA!! ESTÁ QUASE!!

1 comentário:

cristina fonseca disse...

Gostei ritinha...realmente férias...hummm, até me dá a preguiça.
Gostei tambem do vosso blog, está muito "leve" e original. Ah...adorei o bébé !!