11 de junho de 2007

Bocadillos y Tapas

Ora finalmente lá fomos uns dias de férias! Nós gostamos particularmente de passar uns dias na praia em Espanha. Não só pela praia, mas principalmente porque podemos perder noção das horas à vontade, pois há sempre um sítio aberto para comer, um bar para tomar "unas copas" e gente na rua.
Mas aquilo que fez furor nestes dias foram as tapas e os bocadillos. Incapazes de nos rendermos ao sabores mais intensos da comida espanhola, lá nos vamos ficando pelas sandochas e pelos petiscos, acompanhados de umas "cañas" sempre fresquinhas... à tuga!
São fantásticas as horas que se esvaiem nas "terrazas", ao sol, numa roda vida de pratos e copos que não param de chegar cheios e partir vazios. De repente, somos transportados para uma daquelas cenas de final de filme ou de série em que estão uma data de amigos reunidos, com uma música fantástica de fundo e apenas se veêm os risos em câmara lenta, os olhares entre os amantes e as parvoíces dos mais tontos.
E deixamo-nos embrenhar por aquela magia cinematográfica, das brincadeiras com os miúdos, dos beijos, abraços, anedotas, frases que surgem de repente e se tornam o marco daqueles dias e que passam a ser a deliciosa private joke que só quem partilhou aqueles momentos entende. Mesmo que a tentemos explicar a outros, ninguém vai sentir aquela vontade de rir que temos cada vez que proferimos essas palavras. É o problema de "quem apanha a conversa a meio"! Desculpem, mas não resistimos a usar a nossa piadinha de situação destas férias.
Agora, passados os dias das tapas y bocadillos, ficamos a saborear os belos momentos que passámos, revemos as fotografias, contamos as mesmas histórias vezes sem conta como se fosse a primeira vez e esperamos... Esperamos pelos próximos dias de ócio que trarão, se dúvida, mais umas piadas, mais umas frases "para mais tarde recordar" (esperamos nao ser processados que isto era o slogan da Kodac há uns anos - amigos da Kodac, é só "força de expressão", sim?) e mais uns sorrisos e gargalhadas.
Counting down...

2 comentários:

Loopy disse...

aiaiaiai... O sul de Espanha é mesmo fantástico... Também tenho saudades :) Um beijinho grande!

Alexandre e Rita disse...

AAAAhhhhhh... nota para os mais distraídos! O texto é sobre Espanha, mas não é sobre o sul... os factos e acontecimentos descritos tiveram lugar em Sanxenxo! Ou "Xanxenxo", segundo a dicção de umas das amigas que partilhou esses dias connosco! Andas distraída Ex-presidenta! LOL