16 de junho de 2010

Coisas da vida...




Às vezes somos desiludidos por quem menos esperamos... ou talvez não seja bem assim. Talvez esperemos mas não acreditemos bem que possa acontecer...

Nós somos uns human beings simples, directos, verdadeiros terra-a-terra, ocupados como a maioria mas que goza os seus momentos de lazer (sejam eles quais forem) de uma forma apaixonada e o mais "prazeirosamente" possível.


Honestos e transparentes na forma de vida que escolhemos ficamos literalmente fod... quando não acreditam ou duvidam da nossa honestidade... ou do que dizemos.
Sabemos bem que hoje em dia há demasiados "artistas" quer na vida real quer neste mundo fantástico proporcionado pelas agora tão em voga, redes sociais ou outras existentes na web. Pena temos que misturem no mesmo saco os NÓS que são aqui, acolá ou além sempre verdadeiros!!!

Assim temos pena que as pessoas sejam desconfiadas por natureza, mal dispostas na sua génese primária, mal educadas (sabe-se la bem porquê - nós temos uma teoria :-) ) e que arrastem para esse lado mau da vida as pessoas que se vão cruzando com elas. Nós os resistentes (não necessariamente os bons) iremos manter a nossa postura, a nossa vontade e a nossa paixão pela honestidade e pelas pessoas verdadeiramente simples com quem nos cruzamos tantas vezes (ainda bem) ao longo da vida.

Quanto aos outros (os que desconfiam)... temos pena... as coisas tinham tudo para serem fantásticas...

Parafraseando um homem (do futebol) ... vocês (...) sabem bem do que estou a falar!!!

2 comentários:

Anónimo disse...

Porque um dia, numa rede social, conhecemos Afrodite e Adonis...decidimos passar por aqui...e, porque também partilhamos desta forma de estar, não quisemos ir embora sem deixar um bjinho e um abraço.

Wings

Anónimo disse...

Lembro-me perfeitamente do dia em que falei com a Rita por aqui no chat do Fb ainda com o outro perfil, antes de sermos bloqueados. Gostei da forma simples e directa como abordamos as situações. Somos assim também. Talvez menos "open minded" Estamos juntos e amamo-nos à muito tempo. A vontade de apimentar a nossa relação aumenta quando surgem pessoas aparentemente interessantes e esmorece (pelo menos para mim) quando as vejo no mundo real. começo a pensar que sou eu que tenho algum problema. Beijos Sofia