8 de abril de 2011

Opinião!!!!

Faz tempo que não escrevemos nada por aqui.
E as desculpas podem ser as mais variadas... invariavelmente a típica falta de tempo e consequentemente de inspiração também, já que a cabeça fica ocupada com outras coisas e não se liberta de forma a que a escrita flua como deve...
Também podíamos culpar a crise... este BURACO criado pelo estado e pelas múltiplas cumplicidades e complacências com tudo o que mexe e remexe com o NOSSO dinheiro e que dele se serve sempre benefício próprio.

Achamos até, nós que trabalhamos na área, que a melhor profissão neste país é Político !!!
O trabalho é pouco... bem pago... ao fim de poucos anos de "serviço" com todas as mordomias possíveis e imaginárias há direito a uma reforma por trabalho em prol da nação (bem... será mais em prol próprio mas enfim....) e ainda um cargo certo numa das empresas do estado ou com quem o estado tenha relações priveligiadas a ganhar o salário mínimo nacional (de político, claro!!)

Com tudo isto que sabemos mas contra o qual nada podemos fazer, a gigantesca máquina afunda-se... segundo a segundo... euro a euro... deixando os que trabalham diariamente em prol de um desenvolvimento concertado e sempre orientados pela inovação, criação e produtividade também se afundem aos poucos, mergulhados num mar de impostos, taxas e ainda mais qualquer coisa ainda por  inventar, penalizados por uma estrutura pesada, disfuncional e mal gerida e ainda por cima, que apenas olha para o seu umbigo, financeiramente falando e que por último só pensa em si mesma.

Há tantos bons exemplos de gestão que poderiam ser aqui abordados mas a que ninguém interessa implementar... pensem apenas na reforma da educação e nos professores, intocáveis desde há muitos anos e que... por razões que não sabemos explicar (nós, humildes trabalhadores "privados"... continuam a mandar e a fazer o que bem lhes apetece.
Isto tudo porque acham que estão acima do "normal" trabalhador e não devem nem podem ser avaliados!!!

Enfim... se continuasse seriam precisas semanas para desenrolar o novelo do menos bom, para não ir ao MAU do que se passa neste "doente" pequeno, agradável e pacifico (até um dia) país...

E foi só um desabafo, de quem gere pessoas e de quem, diariamente, promove o desenvolvimento das pessoas e as motiva a crescer profissional e pessoalmente, porque só podem contar com elas mesmas e com o seu valor para crescerem na carreira e claro, financeiramente e que não podem contar com compadrios e outras "ferramentas" utilizadas à custa dos nossos impostos, taxas e lá mais o quê!

Ficou o desabafo!!


Sem comentários: